RELÓGIO Digital clock - DWR

domingo, 28 de agosto de 2016

O QUE FAZER PARA SE TORNAR UMA PESSOA FELIZ?

“Então, disse Jesus a Seus discípulos: Se alguém quer vir após Mim, a si mesmo se negue, tome a sua cruz e siga-Me.” Mateus: cap: 16 ver: 24 Quem quiser ser feliz tem de começar sua vida com o Criador da felicidade. Ele diz: “Quem quiser vir após Mim, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz e siga-Me.” Esse é o princípio da felicidade. Primeiro, entrega incondicional da vida ao Senhor Jesus Cristo. Segundo, abandonar o caminho errado. Terceiro, colocar em prática Suas orientações escritas na Bíblia Sagrada. É fácil? Não, não é. Mas, pior e mais sacrificante é colher os frutos das escolhas erradas por toda a vida. Afinal de contas, quem consegue fazer o certo de forma apressada? Fugir do sacrifício fará com que você seja sacrificado por suas escolhas equivocadas, feitas por conta do coração, da desobediência ou teimosia. Quem não se entrega a Deus, se entrega ao diabo. Não tem meio termo. Quem não sacrifica, acaba sacrificado. A vida pela fé só é possível na base do sacrifício, da renúncia. A vida pelos desejos do coração não necessita de esforço, mas leva ao sofrimento. A vida de sacrifício com o Senhor Jesus, no entanto, remove todo sofri­mento, toda dor, toda amargura. Renuncia-se àquilo que, inevitavelmente, no futuro traria dor e angústia. Logo, não há perda alguma, não há o que temer, nem com que se preocupar. É o princípio e a garantia de eterna e absoluta felicidade. Quem quiser ser feliz deve se aliar ao Criador da felicidade. APROVEITE BEM O SEU DOMINGO!

MATEUS - CAPITULO 16

1 Então chegaram a ele os fariseus e os saduceus e, para o experimentarem, pediram-lhe que lhes mostrasse algum sinal do céu. 2 Mas ele respondeu, e disse-lhes: Ao cair da tarde, dizeis: Haverá bom tempo, porque o céu está rubro. 3 E pela manhã: Hoje haverá tempestade, porque o céu está de um vermelho sombrio. Ora, sabeis discernir o aspecto do céu, e não podeis discernir os sinais dos tempos? 4 Uma geração má e adúltera pede um sinal, e nenhum sinal lhe será dado, senão o de Jonas. E, deixando-os, retirou-se. 5 Quando os discípulos passaram para o outro lado, esqueceram- se de levar pão. 6 E Jesus lhes disse: Olhai, e acautelai-vos do fermento dos fariseus e dos saduceus. 7 Pelo que eles arrazoavam entre si, dizendo: É porque não trouxemos pão. 8 E Jesus, percebendo isso, disse: Por que arrazoais entre vós por não terdes pão, homens de pouca fé? 9 Não compreendeis ainda, nem vos lembrais dos cinco pães para os cinco mil, e de quantos cestos levantastes? 10 Nem dos sete pães para os quatro mil, e de quantas alcofas levantastes? 11 Como não compreendeis que não nos falei a respeito de pães? Mas guardai-vos do fermento dos fariseus e dos saduceus. 12 Então entenderam que não dissera que se guardassem, do fermento dos pães, mas da doutrina dos fariseus e dos saduceus. 13 Tendo Jesus chegado às regiões de Cesaréia de Felipe, interrogou os seus discípulos, dizendo: Quem dizem os homens ser o Filho do homem? 14 Responderam eles: Uns dizem que é João, o Batista; outros, Elias; outros, Jeremias, ou algum dos profetas. 15 Mas vós, perguntou-lhes Jesus, quem dizeis que eu sou? 16 Respondeu-lhe Simão Pedro: Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo. 17 Disse-lhe Jesus: Bem-aventurado és tu, Simão Barjonas, porque não foi carne e sangue que to revelou, mas meu Pai, que está nos céus. 18 Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do hades não prevalecerão contra ela; 19 dar-te-ei as chaves do reino dos céus; o que ligares, pois, na terra será ligado nos céus, e o que desligares na terra será desligado nos céus. 20 Então ordenou aos discípulos que a ninguém dissessem que ele era o Cristo. 21 Desde então começou Jesus Cristo a mostrar aos seus discípulos que era necessário que ele fosse a Jerusalém, que padecesse muitas coisas dos anciãos, dos principais sacerdotes, e dos escribas, que fosse morto, e que ao terceiro dia ressuscitasse. 22 E Pedro, tomando-o à parte, começou a repreendê-lo, dizendo: Tenha Deus compaixão de ti, Senhor; isso de modo nenhum te acontecerá. 23 Ele, porém, voltando-se, disse a Pedro: Para trás de mim, Satanás, que me serves de escândalo; porque não estás pensando nas coisas que são de Deus, mas sim nas que são dos homens. 24 Então disse Jesus aos seus discípulos: Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz, e siga-me; 25 pois, quem quiser salvar a sua vida perdê-la-á; mas quem perder a sua vida por amor de mim, achá-la-á. 26 Pois que aproveita ao homem se ganhar o mundo inteiro e perder a sua vida? ou que dará o homem em troca da sua vida? 27 Porque o Filho do homem há de vir na glória de seu Pai, com os seus anjos; e então retribuirá a cada um segundo as suas obras. 28 Em verdade vos digo, alguns dos que aqui estão de modo nenhum provarão a morte até que vejam vir o Filho do homem no seu reino.

MATEUS - CAPITULO 4

1 Então foi conduzido Jesus pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo Diabo. 2 E, tendo jejuado quarenta dias e quarenta noites, depois teve fome. 3 Chegando, então, o tentador, disse-lhe: Se tu és Filho de Deus manda que estas pedras se tornem em pães. 4 Mas Jesus lhe respondeu: Está escrito: Nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que sai da boca de Deus. 5 Então o Diabo o levou à cidade santa, colocou-o sobre o pináculo do templo, 6 e disse-lhe: Se tu és Filho de Deus, lança-te daqui abaixo; porque está escrito: Aos seus anjos dará ordens a teu respeito; e: eles te susterão nas mãos, para que nunca tropeces em alguma pedra. 7 Replicou-lhe Jesus: Também está escrito: Não tentarás o Senhor teu Deus. 8 Novamente o Diabo o levou a um monte muito alto; e mostrou-lhe todos os reinos do mundo, e a glória deles; 9 e disse-lhe: Tudo isto te darei, se, prostrado, me adorares. 10 Então ordenou-lhe Jesus: Vai-te, Satanás; porque está escrito: Ao Senhor teu Deus adorarás, e só a ele servirás. 11 Então o Diabo o deixou; e eis que vieram os anjos e o serviram. 12 Ora, ouvindo Jesus que João fora entregue, retirou-se para a Galiléia; 13 e, deixando Nazaré, foi habitar em Cafarnaum, cidade marítima, nos confins de Zabulom e Naftali; 14 para que se cumprisse o que fora dito pelo profeta Isaías: 15 A terra de Zabulom e a terra de Naftali, o caminho do mar, além do Jordão, a Galiléia dos gentios, 16 o povo que estava sentado em trevas viu uma grande luz; sim, aos que estavam sentados na região da sombra da morte, a estes a luz raiou. 17 Desde então começou Jesus a pregar, e a dizer: Arrependei- vos, porque é chegado o reino dos céus. 18 E Jesus, andando ao longo do mar da Galiléia, viu dois irmãos – Simão, chamado Pedro, e seu irmão André, os quais lançavam a rede ao mar, porque eram pescadores. 19 Disse-lhes: Vinde após mim, e eu vos farei pescadores de homens. 20 Eles, pois, deixando imediatamente as redes, o seguiram. 21 E, passando mais adiante, viu outros dois irmãos – Tiago, filho de Zebedeu, e seu irmão João, no barco com seu pai Zebedeu, consertando as redes; e os chamou. 22 Estes, deixando imediatamente o barco e seu pai, seguiram- no. 23 E percorria Jesus toda a Galiléia, ensinando nas sinagogas, pregando o evangelho do reino, e curando todas as doenças e enfermidades entre o povo. 24 Assim a sua fama correu por toda a Síria; e trouxeram-lhe todos os que padeciam, acometidos de várias doenças e tormentos, os endemoninhados, os lunáticos, e os paralíticos; e ele os curou. 25 De sorte que o seguiam grandes multidões da Galiléia, de Decápolis, de Jerusalém, da Judéia, e dalém do Jordão.

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Gálatas – Capítulo 5

1 Para a liberdade Cristo nos libertou; permanecei, pois, firmes e não vos dobreis novamente a um jogo de escravidão. 2 Eis que eu, Paulo, vos digo que, se vos deixardes circuncidar, Cristo de nada vos aproveitará. 3 E de novo testifico a todo homem que se deixa circuncidar, que está obrigado a guardar toda a lei. 4 Separados estais de Cristo, vós os que vos justificais pela lei; da graça decaístes. 5 Nós, entretanto, pelo Espírito aguardamos a esperança da justiça que provém da fé. 6 Porque em Cristo Jesus nem a circuncisão nem a incircuncisão vale coisa alguma; mas sim a fé que opera pelo amor. 7 Corríeis bem; quem vos impediu de obedecer à verdade? 8 Esta persuasão não vem daquele que vos chama. 9 Um pouco de fermento leveda a massa toda. 10 Confio de vós, no Senhor, que de outro modo não haveis de pensar; mas aquele que vos perturba, seja quem for, sofrerá a condenação. 11 Eu, porém, irmãos, se é que prego ainda a circuncisão, por que ainda sou perseguido? Nesse caso o escândalo da cruz estaria aniquilado. 12 Oxalá se mutilassem aqueles que vos andam inquietando. 13 Porque vós, irmãos, fostes chamados à liberdade. Mas não useis da liberdade para dar ocasião à carne, antes pelo amor servi-vos uns aos outros. 14 Pois toda a lei se cumpre numa só palavra, a saber: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo. 15 Se vós, porém, vos mordeis e devorais uns aos outros, vede não vos consumais uns aos outros. 16 Digo, porém: Andai pelo Espírito, e não haveis de cumprir a cobiça da carne. 17 Porque a carne luta contra o Espírito, e o Espírito contra a carne; e estes se opõem um ao outro, para que não façais o que quereis. 18 Mas, se sois guiados pelo Espírito, não estais debaixo da lei. 19 Ora, as obras da carne são manifestas, as quais são: a prostituição, a impureza, a lascívia, 20 a idolatria, a feitiçaria, as inimizades, as contendas, os ciúmes, as iras, as facções, as dissensões, os partidos, 21 as invejas, as bebedices, as orgias, e coisas semelhantes a estas, contra as quais vos previno, como já antes vos preveni, que os que tais coisas praticam não herdarão o reino de Deus. 22 Mas o fruto do Espírito é: o amor, o gozo, a paz, a longanimidade, a benignidade, a bondade, a fidelidade. 23 a mansidão, o domínio próprio; contra estas coisas não há lei. 24 E os que são de Cristo Jesus crucificaram a carne com as suas paixões e concupiscências. 25 Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito. 26 Não nos tornemos vangloriosos, provocando-nos uns aos outros, invejando-nos uns aos outros

quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Apocalipse 12

1. Viu-se, então, um grande sinal no céu: uma mulher vestida do sol, com a lua debaixo dos pés, e uma coroa de doze estrelas sobre a cabeça. 2. Ela estava grávida e gritava com as dores de parto, sofrendo intensamente para dar à luz. 3. Viu-se também outro sinal no céu: um grande dragão vermelho com sete cabeças e dez chifres, e sobre as cabeças havia sete coroas; 4. sua cauda arrastava a terça parte das estrelas do céu, lançando-as sobre a terra; e o dragão parou diante da mulher que estava para dar à luz, para devorar-lhe o filho assim que nascesse. 5. Então, ela deu à luz um filho, um homem que dominará todas as nações com cetro de ferro. Seu filho foi arrebatado para Deus e para o seu trono. 6. A mulher fugiu para o deserto, onde já havia um lugar preparado por Deus, para que ali fosse alimentada durante mil duzentos e sessenta dias. 7. Então, houve guerra no céu: Miguel e seus anjos batalhavam contra o dragão. E o dragão e seus anjos reagiam, 8. mas estes não prevaleceram e perderam seu lugar no céu. 9. E foi expulso o grande dragão, a antiga serpente, chamada Diabo e Satanás, que engana todo o mundo. Ele e seus anjos foram lançados à terra. 10. Então, ouvi uma forte voz no céu, que dizia: Agora chegaram a salvação, o poder, o reino do nosso Deus e a autoridade do seu Cristo; porque o acusador de nossos irmãos já foi expulso; ele, que dia e noite os acusava diante do nosso Deus. 11. Eles o venceram pelo sangue do Cordeiro e pela palavra do seu testemunho e, mesmo diante da morte, não amaram a própria vida. 12. Por isso, alegrai-vos, ó céus, e todos vós que neles habitais. Mas ai da terra e do mar! Pois o Diabo desceu até vós com grande ira, sabendo que pouco tempo lhe resta. 13. E quando o dragão se viu lançado à terra, perseguiu a mulher que dera à luz o menino. 14. As duas asas da grande águia foram dadas à mulher, para que voasse para o seu lugar, o deserto, onde é sustentada por um tempo, tempos e metade de um tempo, fora da vista da serpente. 15. Então, de sua boca a serpente lançou atrás da mulher água como um rio, para que ela fosse arrastada pela corrente. 16. Mas a terra socorreu a mulher, abrindo a boca e engolindo o rio que o dragão lançara da boca. 17. O dragão se enfureceu contra a mulher e saiu para atacar os demais filhos dela, os que guardam os mandamentos de Deus e mantêm o testemunho de Jesus. 18. Então, o dragão parou sobre a areia do mar.

terça-feira, 9 de agosto de 2016

O talento na terra seca Qual é o seu dom? Será que você tem enterrado ou obedecido ao seu chamado?

Ele não tinha capacidade alguma com as artes. Morava no deserto junto com uma multidão. De onde saiu, a terra era rica, porém opressora, ríspida. Enfrentou dificuldades como tantos outros que, no quase nada entre céu e areia, deveria crer, já que a fé era a sua única segurança. Um dia, Deus quis que se construísse um lugar para Si, mas deveria haver homens aptos para essa tarefa. No entanto, quem seria? Havia um homem de uma tribo, de nome Bezalel, que fora chamado pelo nome por Deus para cuidar da criação dos utensílios do Seu Tabernáculo. Ele não tinha o talento para artífice, mas seria o artesão, desenhista, engenheiro, arquiteto, ourives, designer, pesquisador e o que mais fosse preciso, pois seria devidamente capacitado para isso: “Eis que chamei pelo nome a Bezalel, filho de Uri, filho de Hur, da tribo de Judá, e o encho do Espírito de Deus, de habilidade, de inteligência e de conhecimento, em todo artifício, para elaborar desenhos e trabalhar em ouro, em prata, em bronze, para lapidação de pedras de engaste, para entalho de madeira, para toda sorte de lavores” Êxodo: cap: 31 vers: 1-5. Bezalel era um homem comum da tribo de Judá, sem histórico de nenhuma das habilidades citadas acima, mas fora chamado por Deus para fazer o que muito provavelmente não sabia. E, por isso, no deserto e do deserto, teve de providenciar o melhor para o seu trabalho. Você já imaginou trabalhar em um lugar como este, fazendo o que nunca fez, tendo que “fabricar” e produzir objetos que nunca havia visto, mexer com metais e outros desafios que jamais imaginara e para nada mais, nada menos que o próprio Deus? Pois é, Bezalel teve que se virar para não fazer feio e decepcionar pela confiança conferida. Fazer o melhor não é algo simples. Exige-se sacrifício e paciência, porque haverá momentos de pura terra seca e vento áspero. Haverá dias em que o sol estará tão quente que a única coisa que você vai querer é alívio para o calor extenuante – o que significa dizer que quem almeja chegar onde não imaginara, facilidade é uma palavra improvável. É como aquele atleta que procura, antes de seus adversários, superarar a si mesmo. Ele sabe que não é fácil ser extremamente exigente com o próprio corpo e pra lá de disciplinado com as próprias vontades. Sabe que se não consegue ter domínio sobre suas muitas emoções, não poderá domar a mente e assegurar autoconfiança, para ultrapassar os seus limites. Bezalel não chama atenção só por suas criações em um lugar ermo e estéril, como no deserto, mas porque foi ali, na infertilidade da terra e nas dificuldades das circunstâncias, que permitiu ser capacitado e não negou em nenhum momento o dom que lhe foi conferido. Bezalel não era capaz, mas foi capacitado; não era habilidoso, mas foi habilitado; não tinha o conhecimento devido, mas aprendeu a fazer o que era preciso. Porque, antes de qualquer coisa, foi cheio pelo Espírito de Deus. E você, qual é o seu dom? Será que você tem enterrado ou obedecido o seu talento? Ou, ainda, será que você ao menos sabe para o que foi chamado?

Você é um bom barro nas mãos do Oleiro? Conheça os seis passos necessários para o barro se tornar um vaso pronto para ser utilizado e as lições espirituais que podemos tirar de cada um deles

A palavra do SENHOR, que veio a Jeremias, dizendo: Levanta-te, e desce à casa do oleiro, e lá te farei ouvir as minhas palavras. E desci à casa do oleiro, e eis que ele estava fazendo a sua obra sobre as rodas. Como o vaso, que ele fazia de barro, quebrou-se na mão do oleiro, tornou a fazer dele outro vaso, conforme o que pareceu bem aos olhos do oleiro fazer. Então veio a mim a palavra do SENHOR, dizendo: Não poderei eu fazer de vós como fez este oleiro, ó casa de Israel? Diz o SENHOR. Eis que, como o barro na mão do oleiro, assim sois vós na minha mão, ó casa de Israel. (Jeremias: cap: 18 vers: 1-6) Nessa passagem bíblica do livro de Jeremias, Deus compara a Sua forma de agir no ser humano com a forma que um oleiro trabalha com o barro. Assim como o oleiro tem poder sobre o barro em suas mãos, para fazer dele o vaso que quiser, assim também somos nós nas mãos dEle. A exemplo do que Deus fez com Jeremias, aqui Ele usou um oleiro - nome dado ao profissional que cria objetos de barro -, para explicar o sentido espiritual de todo o processo que o barro precisa passar para se tornar um vaso. A medida que o oleiro ia trabalhando com o barro o bispo ia explicando cada etapa. “Nenhum trabalho feito pelo homem pode nos trazer tantas lições espirituais como o do oleiro”. Acompanhe abaixo os seis passos e entenda qual o significado espiritual de cada um deles: 1º passo: A escolha do barro – O barro é encontrado no lamaçal por isso normalmente ele está sujo, cheio de impurezas, mas mesmo assim o oleiro o recolhe, pois irá trabalhar para torná-lo num barro limpo. Da mesma forma Deus busca a pessoa na lama, no fundo do poço. Ele não olha para a sua condição espiritual porque o Seu objetivo é limpá-la e fazer dela uma nova criatura. 2º Passo Levar o barro para a olaria - Na olaria, é colocado num tanque, onde ele receberá água para amolecer, pois o oleiro não consegue trabalhar com barro duro. A olaria representa a igreja e da mesma forma que o barro não se torna vaso no mesmo dia em que chega à olaria, assim também a pessoa não tem a vida transformada no primeiro dia que chega à igreja. É necessário passar por um processo semelhante ao do barro até se tornar um vaso. A obra do oleiro, Deus, não é do dia para a noite. Precisa da água, que é a Palavra de Deus em nós. É ela que vai amolecendo o barro (coração) duro. A pessoa chega à igreja com o coração endurecido, incrédulo, cheia de desconfiança, não quer abrir mão do pecado, até chegar o momento em que ela estará preparada para que o oleiro comece a fazer dela um vaso. 3º passo Amassar o barro – O oleiro precisa amassar o barro para retirar todas as impurezas e prepará-lo para só então começar a formar o vaso. Tem barro que recebe a água com facilidade, enquanto outros ficam à noite inteira no tanque e no outro dia está molhado apenas ao redor dele, o centro continua seco. Qual o significado espiritual disso? Tem pessoas que recebem a Palavra de Deus com facilidade, enquanto outras, não. Elas resistem a voz de Deus. Por fora até parece que elas mudaram, mas seu interior continua o mesmo, não houve uma transformação. Ou seja, ainda não servem para o Oleiro fazer a obra que Ele pretende. Somente o barro (coração) que recebeu a água (Palavra de Deus) no seu interior, está pronto para ser usado. “O oleiro precisa de um bom barro para trabalhar e o bom barro não oferece resistência”. 4º passo Moldar o barro - Antes de começar a moldar o vaso, o oleiro precisa colocar o barro no centro da roda. Só depois é que o oleiro poderá iniciar o processo de formação do vaso. Assim é o ser humano. O ser humano não conhece o centro da vontade de Deus, mas quando ele se entrega ao Oleiro, Deus o coloca no centro da Sua vontade e vai mudando as coisas erradas da vida dele e moldando o seu caráter. “Muitas vezes a pessoa fica tão obcecada por aquilo que ela quer de Deus que ela se esquece de perguntar o que Ele quer dela. Porque se ela estiver no centro da vontade de Deus não tem uma área da sua vida pendente. Como aconteceu com Abraão no final da vida dele: Em tudo o Senhor o havia abençoado”. 5º passo O oleiro tem total controle sobre o girar do vaso - Conforme vai trabalhando e de acordo com a necessidade, o oleiro vai alternando a velocidade da roda, mas ela nunca fica parada, precisa estar em constante movimento. Assim também, quando estamos nas mãos de Deus, Ele tem o total controle da nossa vida. Mas para Ele dar forma ao vaso, ele tem de estar em movimento. “Por isso não podemos parar de agir a fé, porque quando paramos, a obra de Deus também fica parada na nossa vida. Se o vaso ficar parado o Oleiro não consegue fazer nada nele. A nossa fé tem de estar sempre em atividade”. 6º passo Queimar o vaso - O vaso sem queimar não serve para nada. Todo vaso depois de pronto é colocado no sol, porém, alguns não aguentam e racham. Outros, até passam no teste do sol, porém quando chega no forno, onde ele tem de passar pelo fogo, não suporta o calor intenso e racha. Somente os que suportam o fogo é que estarão aptos e prontos para serem utilizados. A explicação para este processo final representa as provas, o fogo da vida pelo qual nós passamos, mas que é necessário para que nos tornemos o vaso que Deus planejou. Em qual desses estágios você está?

domingo, 7 de agosto de 2016

COMPORTAMENTO! A injustiça dos homens!

“Pois veio João Batista, não comendo pão, nem bebendo vinho, e dizeis: tem demônio! Veio o Filho do Homem, comendo e bebendo, e dizeis: Eis aí um glutão e bebedor de vinho, amigo de publicanos e pecadores! ” Lucas: cap: 7 vers: 33,34 Não queira agradar a todo mundo. Impossível conseguir a simpatia de todos, principalmente quando você opta por fazer o que é certo; por andar na justiça em um mundo injusto; por querer ser reto em um mundo torto. Não se importe com a opinião dos outros a seu respeito, desde que você esteja obedecendo a Deus e vivendo pela fé. O Senhor Jesus sofreu isso na pele. Viu religiosos que criticavam João Batista O criticarem também. Foi acusado de glutão e bebedor de vinho, amigo de publicanos e pecadores. Em certo momento, foi acusado de ter demônios e até de expulsar demônios pelo poder de belzebu. Imagine se Ele se importasse com a opinião dos que, mesmo se dizendo de Deus, tinham um espírito contrário ao Espírito de Deus? Quem é de Deus não julga precipitadamente pelo que ouviu falar ou pelas aparências. Quem é de Deus, conhece a Deus. Quem conhece a Deus, reconhece aqueles que são de Deus. Se em você está a Palavra de Deus, cedo ou tarde sua voz será ouvida por quem precisa, pois, o sedento dará ouvidos ao que Deus diz. Queira agradar somente a Ele e pode ter certeza de que Ele nunca o deixará na mão. É Deus quem vai justificá-lo, não sua própria defesa. Quem está predisposto pelo mal a julgá-lo mal não irá mudar de ideia por nada que você possa fazer. Mas quando Deus justificar você, ninguém poderá resistir. Empenhe-se em agradar a Deus e não se preocupe com o julgamento alheio. TENHA UM EXCEPCIONAL DOMINGO! BOA TARDE!

segunda-feira, 1 de agosto de 2016

O caráter de Cristo

“Não cesses de falar deste Livro da Lei; antes, medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer segundo tudo quanto nele está escrito; então, farás prosperar o teu caminho e serás bem-sucedido. ” Josué: cap: 1 ver: 8 O segredo para prosperar e ser bem-sucedido em tudo que planejar é praticar a Palavra de Deus. Deus orientou Josué a não cessar de falar da Palavra de Deus e também a meditar na Palavra dia e noite com o objetivo de praticá-la. Fazer tudo aquilo que está escrito. Executar o que aprendeu, não apenas ajuntar conhecimento teórico. Executar, porque a Palavra viva é a Palavra praticada. Falar das coisas de Deus o tempo todo e meditar na Palavra dia e noite são atitudes constantes. O tempo todo; dia e noite; sem espaço para pensa­mentos negativos e dúvidas. Sua boca confessa apenas o que vem de Deus; seus pensamentos se ocupam apenas com os pensamentos de Deus, suas mãos trabalham apenas em função do que é de Deus, seus pés andam pelo caminho traçado por Deus. Impossível se desviar ou se esfriar assim. O resultado dessa dedicação e entrega é certo: caminho próspero e abençoado. Não há como ser diferente. Reforçando que isso não pode ser feito de maneira religiosa, isto é, mecâni­camente. Não! Aplique todo seu espírito e suas forças em conhecer a Deus e saber Sua vontade. Pratique o que aprender, sabendo que a transformação da sua vida ocorre de dentro para fora. Ser cristão não é ter aparência de cristão. Ser cristão é manifestar o caráter de Cristo. Vigie suas palavras e seus pensamentos hoje. Se você quer ser bem-sucedido no que fizer, tenha o cuidado de fazer segundo o que está escrito. Mantenha sua mente focada na Palavra de Deus.