RELÓGIO Digital clock - DWR

domingo, 27 de novembro de 2016

CONSERVE SUA MENTE LIMPA!

Josué 1

1. Depois da morte de Moisés, servo do SENHOR, este falou a Josué, filho de Num, auxiliar de Moisés: 2. Meu servo Moisés está morto; prepara-te agora, atravessa este Jordão, tu e todo este povo, para a terra que estou dando aos israelitas. 3. Como disse a Moisés, eu já vos dei todo lugar que pisardes com a sola do pé. 4. A vossa terra irá desde o deserto até este Líbano, e desde o grande rio, o rio Eufrates, toda a terra dos heteus, até o mar Grande, onde o sol se põe. 5. Ninguém poderá te resistir todos os dias da tua vida. Como estive com Moisés, assim estarei contigo; não te deixarei, nem te desampararei. 6. Esforça-te e sê corajoso, porque farás este povo herdar a terra que jurei dar a seus pais. 7. Apenas esforça-te e sê corajoso, cuidando de obedecer a toda a lei que meu servo Moisés te ordenou; não te desvies dela, nem para a direita nem para a esquerda; assim serás bem-sucedido por onde quer que andares. 8. Não afastes de tua boca o livro desta lei, antes medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de obedecer a tudo o que nele está escrito; assim farás prosperar o teu caminho e serás bem-sucedido. 9. Não te ordenei isso? Esforça-te e sê corajoso; não tenhas medo, nem te assustes; porque o SENHOR, teu Deus, está contigo, por onde quer que andares. 10. Então Josué deu esta ordem aos oficiais do povo: 11. Passai pelo meio do acampamento e ordenai ao povo: Preparai o vosso mantimento, porque em três dias atravessareis este Jordão, a fim de que entreis na terra que o SENHOR, vosso Deus, vos dá por herança para que dela tomeis posse. 12. E Josué disse aos rubenitas, aos gaditas e à meia-tribo de Manassés: 13. Lembrai-vos da palavra que Moisés, servo do SENHOR, vos ordenou: O SENHOR, vosso Deus, vos dá descanso e vos dá esta terra. 14. As mulheres, as crianças e o gado que pertence a vós devem ficar na terra que Moisés vos deu deste lado do Jordão; mas vós, todos os guerreiros, passareis armados adiante de vossos irmãos e os ajudareis, 15. até que o SENHOR tenha dado descanso a vossos irmãos, assim como deu a vós, e eles também tenham possuído a terra que o SENHOR, vosso Deus, lhes dá; então voltareis para a terra da vossa herança e dela tomareis posse, terra que Moisés, servo do SENHOR, vos deu além do Jordão, onde o sol se põe. 16. Então eles responderam a Josué: Faremos tudo o que nos ordenaste e iremos para onde quer que nos enviares. 17. Assim como em tudo ouvimos a Moisés, também ouviremos a ti. Apenas o SENHOR, teu Deus, seja contigo como foi com Moisés. 18. Quem se rebelar contra as tuas ordens e não atender às tuas palavras em tudo quanto lhe ordenares, será morto. Apenas esforça-te e sê corajoso.

terça-feira, 15 de novembro de 2016

JOÃO 15

1. Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o agricultor. 2. Todo ramo que está em mim e não dá fruto, ele o corta; e todo ramo que dá fruto, ele o limpa, para que dê mais fruto. 3. Vós já estais limpos pela palavra que vos tenho falado. 4. Permanecei em mim, e eu permanecerei em vós. O ramo não pode dar fruto por si mesmo, se não permanecer na videira; assim também vós, se não permanecerdes em mim. 5. Eu sou a videira; vós sois os ramos. Quem permanece em mim e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer. 6. Quem não permanece em mim é jogado fora e seca, à semelhança do ramo. Esses ramos são recolhidos, jogados no fogo e queimados. 7. Se permanecerdes em mim, e as minhas palavras permanecerem em vós, pedi o que quiserdes, e vos será concedido. 8. Meu Pai é glorificado nisto: em que deis muito fruto; e assim sereis meus discípulos. 9. Como o Pai me amou, assim também eu vos amei; permanecei no meu amor. 10. Se obedecerdes aos meus mandamentos, permanecereis no meu amor; do mesmo modo que eu tenho obedecido aos mandamentos de meu Pai e permaneço no seu amor. 11. Eu vos tenho dito essas coisas para que a minha alegria permaneça em vós, e a vossa alegria seja plena. 12. O meu mandamento é este: Amai-vos uns aos outros, assim como eu vos amei. 13. Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a própria vida pelos seus amigos. 14. Vós sois meus amigos, se fizerdes o que vos mando. 15. Já não vos chamo servos, pois o servo não sabe o que o seu senhor faz; mas eu vos chamo amigos, pois vos revelei tudo quanto ouvi de meu Pai. 16. Não fostes vós que me escolhestes; pelo contrário, eu vos escolhi e vos designei a ir e dar fruto, e fruto que permaneça, a fim de que o Pai vos conceda tudo quanto lhe pedirdes em meu nome. 17. Isto vos ordeno: Amai-vos uns aos outros. 18. Se o mundo vos odeia, sabei que primeiramente odiou a mim. 19. Se fôsseis do mundo, o mundo amaria o que era seu. Mas o mundo vos odeia porque não sois do mundo; pelo contrário, eu vos escolhi do mundo. 20. Lembrai-vos da palavra que eu vos disse: O servo não é maior que o seu senhor. Se perseguiram a mim, também vos perseguirão; se obedeceram à minha palavra, obedecerão também à vossa. 21. Mas vos farão todas essas coisas por causa do meu nome, pois não conhecem aquele que me enviou. 22. Se eu não viesse e não lhes tivesse falado, não teriam pecado. Agora, porém, não têm desculpa para o pecado deles. 23. Aquele que me odeia, também odeia a meu Pai. 24. Se eu não tivesse realizado essas obras entre eles, como nenhum outro fez, não teriam pecado. Mas agora, não somente as viram, mas também odiaram a mim e a meu Pai. 25. Para que se cumpra a palavra escrita na lei deles: Odiaram-me sem motivo. 26. Quando vier o Consolador, que eu vos enviarei da parte do Pai, o Espírito da verdade, que procede do Pai, esse dará testemunho acerca de mim. 27. E vós também dareis testemunho, porque estais comigo desde o princípio.

segunda-feira, 14 de novembro de 2016

PROVÉRBIOS 15

1. A resposta branda desvia o furor, mas a palavra dura provoca a ira. 2. A língua dos sábios destila conhecimento, mas a boca dos tolos derrama tolice. 3. Os olhos do SENHOR estão em todo lugar, vigiando os maus e os bons. 4. A língua suave é árvore de vida, mas a língua perversa abate o espírito. 5. O insensato despreza a correção de seu pai, mas o que aceita o conselho mostra prudência. 6. Na casa do justo, há um grande tesouro, mas, nos lucros do ímpio, há perturbação. 7. Os lábios dos sábios espalham conhecimento, mas o coração dos tolos não age assim. 8. O sacrifício dos ímpios é abominação para o SENHOR, mas a oração dos corretos lhe é agradável. 9. O caminho do ímpio é abominação para o SENHOR, mas ele ama quem segue a justiça. 10. Há disciplina severa para quem abandona o caminho, e quem rejeita a repreensão morrerá. 11. A Sepultura e a Destruição estão abertas perante o SENHOR! Quanto mais o coração dos filhos dos homens! 12. O que zomba não gosta de quem o repreende, nem procura os sábios. 13. O coração alegre embeleza o rosto, mas o espírito se abate pela dor do coração. 14. O coração do inteligente busca o conhecimento, mas a boca dos tolos sacia-se com a tolice. 15. Todos os dias do aflito são maus, mas o coração contente vive um banquete contínuo. 16. Melhor é ter pouco com o temor do SENHOR do que ter um grande tesouro acompanhado de inquietação. 17. Melhor é um prato de hortaliça, onde há amor, do que o boi gordo acompanhado de ódio. 18. O homem que se irrita com facilidade provoca conflitos, mas o paciente apazigua brigas. 19. O caminho do preguiçoso é repleto de espinhos, mas a vereda dos justos é uma estrada plana. 20. O filho sábio alegra seu pai, mas o homem insensato despreza sua mãe. 21. A tolice é alegria para o insensato, mas o homem de entendimento anda corretamente. 22. Onde não há conselho, os projetos se frustram, mas com muitos conselheiros eles se estabelecem. 23. O homem se alegra por dar uma resposta adequada, e como é boa uma palavra na hora certa! 24. Para o sábio, o caminho da vida é para cima, a fim de que ele se desvie da sepultura, que é para baixo. 25. O SENHOR destrói a casa dos soberbos, mas estabelece a herança da viúva. 26. O SENHOR odeia os desígnios dos maus, mas se agrada com as palavras dos puros. 27. O que se entrega à cobiça perturba a própria casa, mas quem rejeita o suborno viverá. 28. O coração do justo medita sobre o que deve responder; mas da boca dos ímpios jorra maldade. 29. O SENHOR está longe dos ímpios, mas ouve a oração dos justos. 30. A luz dos olhos alegra o coração, e boas notícias dão saúde aos ossos. 31. Quem escuta a advertência da vida terá morada entre os sábios. 32. Quem rejeita a correção despreza a si mesmo; quem escuta a advertência adquire entendimento. 33. O temor do SENHOR é a instrução da sabedoria, e a humildade precede a honra.

terça-feira, 8 de novembro de 2016

APOCALIPSE 1

1. Revelação de Jesus Cristo, que Deus lhe deu para mostrar a seus servos as coisas que em breve devem acontecer. Ele enviou seu anjo para anunciar a seu servo João, 2. que atestou tudo quanto viu da palavra de Deus e do testemunho de Jesus Cristo. 3. Bem-aventurados os que leem e também os que ouvem as palavras desta profecia e guardam as coisas que nela estão escritas, porque o tempo está próximo. 4. João, às sete igrejas que estão na Ásia: Graça a vós e paz da parte daquele que é, que era e que há de vir, da parte dos sete espíritos que estão diante do seu trono, 5. e da parte de Jesus Cristo, o primogênito dos mortos e o Príncipe dos reis da terra, que é a fiel testemunha. Àquele que nos ama e nos libertou dos nossos pecados pelo seu sangue, 6. e nos constituiu reino e sacerdotes para Deus, seu Pai; a ele sejam glória e domínio pelos séculos dos séculos. Amém. 7. Ele vem com as nuvens, e todo olho o verá, até mesmo aqueles que o traspassaram, e todas as tribos da terra se lamentarão por causa dele. Sim. Amém. 8. Eu sou o Alfa e o Ômega, diz o Senhor Deus, aquele que é, que era e que há de vir, o Todo-poderoso. 9. Eu, João, vosso irmão e companheiro na tribulação, no reino e na perseverança em Jesus, estava na ilha de Patmos, por causa da palavra de Deus e do testemunho de Jesus. 10. No dia do Senhor, eu me encontrei em espírito e ouvi atrás de mim uma voz forte, como de trombeta, 11. que dizia: Escreve em um livro o que vês e envia-o às sete igrejas: Éfeso, Esmirna, Pérgamo, Tiatira, Sardes, Filadélfia e Laodiceia. 12. Virei-me para ver quem falava comigo. Ao me voltar, vi sete candelabros de ouro 13. e, no meio dos candelabros, havia alguém semelhante a um ser humano, vestindo uma túnica longa e uma faixa de ouro na altura do peito. 14. Sua cabeça e seus cabelos eram brancos como a lã, tão brancos como a neve, e seus olhos eram como uma chama de fogo. 15. Seus pés eram parecidos com metal brilhante, refinado em uma fornalha, e sua voz era como a voz de muitas águas. 16. Na mão direita ele segurava sete estrelas, e da sua boca saía uma espada afiada de dois gumes. Seu rosto brilhava como o sol no seu fulgor. 17. Quando o vi, caí a seus pés como se estivesse morto. Então, ele pôs a mão direita sobre mim e disse: Não temas, eu sou o primeiro e o último. 18. Eu sou o que vive; fui morto, mas agora estou aqui, vivo para todo sempre e tenho as chaves da morte e do inferno. 19. Portanto, escreve as coisas que tens visto, tanto as do presente como as que acontecerão depois destas. 20. Este é o mistério das sete estrelas, que viste na minha mão direita, e dos sete candelabros de ouro: as estrelas são os anjos das sete igrejas, e os sete candelabros são as sete igrejas.

domingo, 6 de novembro de 2016

LEVÍTICO - 10 SÓ SE TEM UM VERDADEIRO RESULTADO COM DEUS! QUANDO SE OBEDECE A SUA SANTA E JUSTA PALAVRA.

1. E aconteceu que Nadabe e Abiú, filhos de Arão, pegaram cada um seu incensário e, pondo nele fogo e incenso, ofereceram fogo não permitido diante do SENHOR, o que ele não lhes havia ordenado. 2. Então saiu fogo de diante do SENHOR e os devorou; e morreram diante do SENHOR. 3. E Moisés disse a Arão: Foi isto que o SENHOR falou: Manifestarei minha santidade entre aqueles que se aproximarem de mim e serei glorificado diante de todo o povo. Mas Arão ficou em silêncio. 4. Então Moisés chamou Misael e Elzafã, filhos de Uziel, tio de Arão, e disse-lhes: Aproximai-vos e tirai vossos irmãos da frente do santuário, para fora do acampamento. 5. Eles se aproximaram e os levaram como estavam, nas próprias túnicas, para fora do acampamento, como Moisés lhes havia falado. 6. Então Moisés disse a Arão e a seus filhos Eleazar e Itamar: Não vos descabeleis nem rasgueis as vossas vestes, do contrário morrereis, e a ira virá sobre toda a comunidade. Mas os vossos irmãos, toda a casa de Israel, poderão lamentar esse fogo causado pelo SENHOR. 7. E não saireis da entrada da tenda da revelação; do contrário, morrereis, pois o óleo da unção do SENHOR está sobre vós. E eles fizeram conforme a palavra de Moisés. 8. E o SENHOR também falou a Arão: 9. Nem tu nem teus filhos bebereis vinho nem bebida forte quando entrardes na tenda da revelação, do contrário morrereis; este é um estatuto perpétuo através das vossas gerações, 10. não somente para fazer separação entre o santo e o profano, e entre o puro e o impuro, 11. mas também para ensinar aos israelitas todos os estatutos que o SENHOR lhes tem dado por meio de Moisés. 12. Moisés também disse a Arão e aos filhos que lhe restaram, Eleazar e Itamar: Tomai a oferta de cereais que sobrou das ofertas queimadas do SENHOR e comei-a, sem fermento, junto ao altar, pois é uma porção santíssima. 13. Vós a comereis em lugar santo, porque esta porção das ofertas queimadas ao SENHOR é tua e de teus filhos; assim me foi ordenado. 14. Também comereis em um lugar santo o peito da oferta movida e a coxa ofertada, tu, teus filhos e tuas filhas; pois, dos sacrifícios das ofertas pacíficas dos israelitas, foram dados como porção tua e de teus filhos. 15. Trarão a coxa ofertada e o peito da oferta movida, juntamente com a gordura das ofertas queimadas, para movê-los como oferta movida diante do SENHOR. Isso pertencerá a ti e a teus filhos como porção para sempre, conforme o SENHOR ordenou. 16. Moisés procurou muito o bode da oferta pelo pecado, mas ele já havia sido queimado. Então ficou furioso com Eleazar e Itamar, os filhos que restaram a Arão, e lhes disse: 17. Por que não comestes a oferta pelo pecado em um lugar santo, visto que é uma porção santíssima? O SENHOR a deu a vós para tirardes o pecado da comunidade, para fazerdes expiação por eles diante do SENHOR. 18. Já que o sangue do bode não foi levado para dentro do santuário, certamente devíeis tê-lo comido em um lugar santo, conforme eu havia ordenado. 19. Então Arão disse a Moisés: Hoje eles ofereceram a oferta pelo pecado e o holocausto diante do SENHOR, e essas coisas me aconteceram. Se eu tivesse comido hoje a oferta pelo pecado, será que isso teria sido agradável aos olhos do SENHOR? 20. Moisés ouviu essas palavras, e elas lhe pareceram aceitáveis.